A batalha do Golfo de Leyte

Compartilhe

A Batalha do Golfo de Leyte, travada entre os dias 23 e 26 de outubro de 1944, foi a maior batalha naval da história contemporânea, e foi travada no mar em torno da ilha de Leyte, nas Filipinas, entre o Japão e os Aliados (Estados Unidos e Austrália), durante a Segunda Guerra Mundial e envolveu mais de 360 navios de combate.

A Batalha do Golfo de Leyte foi na verdade uma campanha naval dividida em quatro batalhas: Batalha do Mar de Sulu, Batalha do Estreito de Surigao, Batalha do Cabo Engaño e Batalha de Samar.

As forças Aliadas invadiram a ilha de Leyte, com o objetivo de cortas as linhas de abastecimento do Japão, com o restante das suas forças no Sudeste Asiático, cortando, principalmente, o fornecimento de combustível para a marinha imperial japonesa.

Os japoneses, temendo a ruptura no abastecimento, reuniram suas forças navais ainda em operação para rechaçar o desembarque das forças Aliadas. Os japoneses, com cinco vezes menos navios de batalha, fracassaram no seu objetivo, sendo derrotados, além de terem sofrido pesadíssimas baixas.

A Batalha do Golfo de Leyte foi o último grande confronto naval da Segunda Guerra Mundial. A Marinha Imperial Japonesa não teve mais condições de combate, e sem combustível vários de seus navios ficaram ancorados até o fim da guerra.

Foi em Leyte que aconteceram, pela primeira vez na guerra, os ataques suicidas dos aviões kamikazes japoneses contra a frota norte-americana na Guerra do Pacífico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *