As muralhas de Jericó realmente existiram na época de Josué?

Compartilhe

Jericó, uma das cidades mais antigas da história tem sido,  a aproximadamente 150 anos, vasculhadas por arqueólogos em busca de vestígios de Josué e as trombetas do seu exército. Um dos primeiros feitos arqueológicos em Jericó foi a descoberta de que a mesma apresenta 17 fases sucessivas de construções e modificações.

A primeira descoberta referente as muralhas na cidade foi feita pelo arqueólogo Jonh Garstang, em 1922, que descobriu muros datados da Idade do Bronze. Porém seus companheiros de escavação descobriram que Garstang propunha a fazer datações imaginárias sobre sua descoberta.

Em 1950 a arqueóloga britânica Kathleen Kenyon mostrou que a muralha descoberta por Garstang eram mil anos mais velha que o mesmo tinha datado, e que a cidade de Jericó na época de Josué segue tinha muros, e que a “cidade” era mais similar a uma aldeia pobre sem defesas.