Você sabia que… A embarcação mais antiga foi achada na Holanda em 1955?

Compartilhe

Embora os vestígios mais antigos datem de 8000 a.C, tudo indica que há cerca de 40 milênios algumas sociedades já usavam tipos primitivos de embarcações para se deslocar por rios e mares. Seja para o comércio, para a pesca ou para a guerra, o barco moldou a trajetória do homem. Sua evolução, da canoa mais rudimentar aos modernos navios motorizados, ajuda a explicar a história da própria humanidade.

A embarcação mais antiga já recuperada por arqueólogos foi achada na Holandaem 1955. Estima-se que essa canoa, feita com um único tronco de árvore, tenha sido construída entre 8200 e 7600 a.C.

Tudo indica que os egípcios foram os primeiros a construir navios. Isso porque há mais ou menos 5 mil anos os habitantes do reino do Nilo desenvolveram uma forma de envergar e unir várias pranchas de madeiras, permitindo aumentar o tamanho do casco de suas embarcações.

A navegação foi crucial para o desenvolvimento das civilizações antigas, e os mestres nessa arte foram os fenícios, inventores de um tipo de barco maior e mais ágil que os demais. Por um tempo, eles dominaram o Mediterrâneo econômica e militarmente. Até que Roma aprendeu a copiar seus navios.

Com a necessidade de abrir novas rotas marítimas durante o Renascimento, os portugueses adaptaram tecnologias árabes e criaram, no século XV, a caravela. O diferencial desse tipo de barco era a capacidade de usar grandes velas, o que aumentava a velocidade da viagem, sem perder a estabilidade do casco.

Em fins do século XVII, os franceses criaram o chamado “navio de linha”, próprio para uso militar. A embarcação, que carregava mais de 70 canhões em suas laterais, mudou definitivamente as batalhas em alto mar, tornando-se o “modelo” para a construção de navios de guerra.

O primeiro teste registrado de um barco motorizado ocorreu em 1886 no rio Neckar, na Alemanha, usando um protótipo construído no quintal do engenheiro Gottlieb Daimler. Apesar disso, as primeiras companhias fabricantes desse tipo de embarcação surgiram só algumas décadas depois, na Inglaterra e nos Estados Unidos.

Fonte: História Viva